Enfrente seus medos… 💭🌊

Oi mores, eu não estou lá nos meus melhores dias, então resolvi desabafar com vocês. Primeiro por que confio e sei que se deixar preso uma hora vai me sufocar, e segundo, bom, não preciso ter mais de um motivo. Vamos lá?
Enfrente seus medos
De repente me bateu um cansaço sabe? Quando você se sente exausta com tudo que está em sua volta? Nada mais faz sentido? É uma pressão muito grande, muita gente dizendo o que você deve ser, o que não deve fazer, como deve ser, é um estereótipo de sociedade que se você não seguir, vai sofrer.

Alta. Magra. Sapato 37. Tamanho 38. Cabelo liso e comprido. Não se adequar a nenhuma dessas “regras” me faz mais exausta, não por querer ser, mas por ver que o mundo vai se tornar igual, ninguém mais tem personalidade, só quer ser como as moças de revista ou um cantor pop (não destruindo seus sonhos, muito pelo contrário).

Quero chegar no meu caminho, anotando cada pedrinha que chutei, cada espinho que me furei, quero ter a minha luta, quero vencer o modelo de mulher que me impõem. Ser quem sou me torna especial, assim como você, que com tantas mentes fracas e influências não permitiu levarem sua essência.

Sofro desde pequena com meu corpo, tenho manchas de alergia e sou “forte” (o que falam quando a pessoa usa tamanho 42 mas não tem coragem de falar que é gorda). Meu pai sempre falava que eu ia ser feia, por que não parava de comer. Muitas vezes, pulava refeições, desde bem pequenininha, por que ouvia essas coisas de quem mais devia me dar apoio e amor.

Não quero pagar de coitada na internet, só quero compartilhar esse problema que enfrento todos os dias e tenho medo de enfrentar por que não sei o que as pessoas vão dizer. Não uso decote e nem short em local público, tenho vergonha de mim, mas por que?

Ás vezes penso, “eu me odeio”, mas minha consciência diz “se odiar pra que? você que se suporta todos os dias, você é sua melhor amiga, você é única, você deve se amar como diz pra todos que o amor próprio é o mais bonito na sua foto da rede social”, e assim forma-se uma nuvem de confusão. Juro que não sei mais o que fazer…

 

O que eu queria mesmo era ter essa coragem toda pra lidar com os comentários maliciosos, com o preconceito, tentar fazer a diferença sabe? Seria um dos meus maiores sonhos, talvez assim eu poderia viver em paz com meu corpo e minha mente. Mas eis a questão:

*Espere um segundo

Por que você deveria se importar com o que pensam?

Quando você está sozinha

Sem ninguém, você gosta de você?Você gosta de você?

Try – Colbie Caillat

Então, fiz esse texto contando pra vocês do meu maior medo e o que mais me atormenta, e vocês? qual seu maior medo?

Fernanda Bastos

Anúncios

Deixe um comentário ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s